TCU deve criar secretaria especial para cuidar de privatizações

Criação da secretaria aguarda anuncio dos primeiros projetos do próximo governo. A privatização de estatais é uma das principais pautas da equipe econômica de Jair Bolsonaro. O Tribunal de Contas da União (TCU) deve criar uma secretaria especial para cuidar das privatizações anunciadas pelo próximo governo. A informação foi dada pelo futuro secretário-geral de Controle Externo do TCU, Paulo Wiechers.
Segundo Wiechers, que assumirá a secretaria durante o mandato do ministro José Múcio como presidente do TCU, existe a intenção de se criar uma secretaria ou designar uma equipe específica só para cuidar das futuras privatizações, o que deve acelerar as análises.
A decisão, no entanto, dependerá dos primeiros anúncios do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro e do volume de projetos. “O tribunal não pode ser um freio para as intenções do governo, mas vamos aguardar a manifestação do governo”, disse Wiechers.
A privatização de estatais é uma das principais pautas econômicas do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.
Além do programa de concessões, Guedes já anunciou que o seu futuro ministério terá uma secretaria para cuidar de privatizações, como venda de estatais e de participações do governo.
Na última quarta (6), o ministro José Múcio foi eleito para o cargo de presidente do TCU. Múcio assume o cargo a partir de janeiro. O mandato tem duração de um ano, mas pode ser renovado.