Reddit recebe investimento de US$ 300 milhões, liderado pela chinesa Tencent


Com aporte, rede social focada em fóruns de discussão passa a valer US$ 3 bilhões. Usuários usaram o próprio Reddit para reclamar do negócio. Um dos sites mais populares dos EUA, Reddit recebe aporte de US$ 300 milhões.
Divulgação/Reddit
A rede social Reddit anunciou nesta segunda-feira (11) uma nova rodada de investimentos na companhia, no valor de US$ 300 milhões. O aporte inclui grandes nomes como a chinesa Tencent, além de fundos como Sequoia, Fidelity e Andreessen Horowitz.
Esta rodada avalia a empresa em US$ 3 bilhões — em torno de US$ 550 milhões já foram investidos na rede social.
Segundo informações do próprio Reddit, a plataforma tem 330 milhões de usuários mensais e é o quinto site mais visualizado dos Estados Unidos, no ranking da Alexa, a assistente de voz da Amazon. Em comparação, o Twitter anunciou que teve 320 milhões de usuários mensais no último trimestre do ano passado.
Reddit anuncia roubo de dados
Fundado em 2005, o Reddit foi adquirido pela editora Condé Nast em 2006, que deixou o controle da companhia em 2011. A editora ainda tinha uma parcela considerável na rede, mas essa fatia foi diluída com os investimentos desta segunda-feira.
Revolta dos usuários
O papel da Tencent na nova rodada de investimentos irritou alguns dos usuários do Reddit. Isso porque o “casamento” entre as duas empresas foi encarado como contraditatório: a Tencent é uma das empresas que opera dentro dos moldes de censura do governo chinês, que impede conteúdo de circular livremente com alguns mecanismos como o “grande firewall da China”.
Já o Reddit é conhecido por ser uma rede em que impera a liberdade de expressão. Com mais de 138 mil comunidades voltadas ao debate, poucos temas são tabus.
Por isso, alguns usuários estão compartilhando imagens e falando de assuntos notoriamente proibidos pela censura de internet chinesa. Entre os posts estão imagens do Massacre da Paz Celestial e do Ursinho Pooh, personagem que foi banido na China porque estava sendo utilizado para fazer menção ao presidente Xi Jinping.