Egito condena líder da Irmandade Muçulmana à morte

Egito condena líder da Irmandade Muçulmana à morte Mohammed Badie e 13 membros do grupo são condenados por incitar a violência e tentar organizar ataques contra o Estado após a deposição do ex-presidente Morsi. A decisão pode ser modificada pela corte mais alta do país.