Morto em acidente na BR-060 era cantor sertanejo do Acre e tentava sorte na música em Goiás, diz PRF


Parceiro da vítima disse à polícia que eles se mudaram para o estado há pouco tempo. Ele ficou ferido e foi encaminhado para o Hugol. Cantor sertanejo morre em acidente de trânsito na BR-060, em Goiás
O motorista que morreu em um acidente de trânsito na BR-060, em Posselândia, distrito de Guapó, era cantor sertanejo e tentava a sorte na carreira musical em Goiânia após se mudar do Acre, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Ele dirigia um Fiat Uno bateu, que bateu contra um Fiat Toro. No acidente, seu parceiro de dupla ficou gravemente ferido e o condutor do outro automóvel teve apenas lesões leves.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o passageiro do Uno contou que os dois se mudaram há pouco tempo do Acre para Goiás para tentar carreira na música sertaneja. “No carro deles nós encontramos os instrumentos e aparelhos que eles usavam para fazer os shows. E o passageiro nos contou que eles tentavam a sorte há pouco tempo aqui”, disse o assessor de comunicação da PRF, inspetor Newton Morais.
Sérgio Rodrigues, de 33 anos, morreu no local. Já seu parceiro de dupla, Eduardo Reiz, de 31 anos, foi encaminhado para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira.
O G1 entrou em contato por email com a assessoria de imprensa do hospital às 9h20 e aguarda o estado de saúde do ferido.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o cantor sertanejo dirigia o Uno pela faixa da direita e, inesperadamente, invadiu a pista da esquerda e foi atingido pelo outro veículo. No local do acidente, próximo ao carro que ele dirigia, foi encontrada uma lata de cerveja.
O condutor do outro veículo, de 34 anos, fez o teste do bafômetro, que comprovou que ele não havia bebido antes de dirigir.
O corpo de Sérgio Rodrigues seguia no Instituto Médico Legal de Aparecida de Goiânia até as 9h40 desta segunda-feira (16).
Carro dirigido por cantor sertanejo ficou destruído em acidente na BR-060
Divulgação/PRF