Índices europeus recuam após dados de comércio da China; ações de luxo caem

LONDRES, 14 Jan (Reuters) – Os dados de comércio inesperadamente fracos da China interromperam uma sequência de quatro dias de alta dos índices acionários europeus nesta segunda-feira, em queda puxada pelo recuo das ações de produtos de luxo e tecnológicos, com os investidores preocupados com a desaceleração do crescimento global e com os resultados corporativos mais fracos do que o esperado.